Meu recanto

"A IMAGINAÇÃO É MAIS IMPORTANTE QUE O CONHECIMENTO" (ALBERT  EINSTEIN)

Textos

INSTANTES DE UM POETA
(Ps/444)


Guarda o poeta seu texto.
Abre o livro, chora.
Recupera e repassa.
Faz versos de encantos,
Doí-lhe a lama, martela e persiste.
No reverso do verso,
Morre um tanto, renasce pronto.

Na trama do destino
O desalento o toma em instantes,
Seu pensamento amarga.
Gotas de suor seu coração espirra
Sorri e sonha em delírio e êxtase diante
Do seu verso reversado à compor
Cunhando letras e apagando horas.

Cai na ideia que o mundo é ponte
Fonte para sua incandescente angústia,
Descrita, que amarela no tempo
Realidade nua, suor seco, sua mesa.

Poeta é ser só à si, somente a si e sombra.
Sussurro, pensamento ansiado,
Poente que esmaece lento nas infindas tardes,
Razão inconteste, nas noites de frio.

Quer o intenso e a leveza à sua masmorra interna.
Agruras sem conquistas fundem-se no pensar
Ingênuo, falso, virtuoso modo do poeta, que
Se plagia em magia nas entrelinhas
Sem nada sentir e provar
Apenas,
Disfarçar.

 
            “Conhece o mar sem nunca ter visto suas brancas ondas.
Incrédulo, pede a Deus a paz e reza para o mundo.
            Prega difundindo amor em falso pedestal.
Sua alma borra letras, em linhas, em folha de cristal. “
 
Edidanesi
Enviado por Edidanesi em 09/09/2018
Alterado em 09/09/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras