Meu recanto

"A IMAGINAÇÃO É MAIS IMPORTANTE QUE O CONHECIMENTO" (ALBERT  EINSTEIN)

Textos

NADA REGISTRADO
(Ps/481)

Nada no papel!
Na paisagem que se alonga na tarde,
Da cortina que balança na janela,
Do perfume que os jardins exalam,
Na encosta da serra que finge resistir!
O córrego, ainda, canta nas pedras e as flores
Deitam-se para beijar suas águas
Como um beija-flor suga o seu néctar!
No tempo que se faz eternidade
Nas caladas das noites,
E em todas as manhãs, o processo
da vida e dos anos que vão se apagando,
A roda d'água, certamente, continua a girar
E o tempo a rodar seu incansável existir!
O tempo das roseiras em flor,
Rosas rosas, amarelas, vermelhas e
Tantas outras que a mente se reserva, guarda
em tons de arco-íris, abertas estarão ou
em botões tenros com uma cálida gota de orvalho
que chora em perfume nas manhãs,
Recorda manso e alegre o despertar
Dos dias, em névoa fria, como um flutuar
de sonho em meio a brancas nuvens!
Lembranças, sem registros, que camuflam
Realidades, verossímeis, de um existir completo
Num tempo de primaveras, verões, outonos e invernos
nas cachoeiras despencadas pelo destino
Às fronteiras do atual exisitir!
Sem registro e tudo registrado nos
intercontinentais espaços mentais fazem
Crescer a chama incandescente, dos momentos
Nítidos, de um viver tão próximo e longínquo
Na temporada de um puro e tranquilo viver e existir!




 
EDIDANESI
Enviado por EDIDANESI em 22/07/2019
Alterado em 22/07/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras