Meu recanto

"A IMAGINAÇÃO É MAIS IMPORTANTE QUE O CONHECIMENTO" (ALBERT  EINSTEIN)

Textos

NESTE CAIS
(Ps/374)


No cais da vida
Estremece a aragem sobre as águas

Milhas e milhas em mistério
Vencida pelo destino em Desiderio.

Na minha cabeça, a crença
De um vagar para não morrer
Na sensação que tudo é sonho
Toco o pé ao chão nervos a ranger.

Saúdo-te, terra de zumbis
Sob um temporal de sentir sutis
Há uma consciência bem no fundo

Que a vida é o melhor dos mundos.

Não parta desse cais, fique
Quem sabe, amanhã, o sol raie dourado
E ao despertar da hora, tudo é um bocado
Do absoluto sonho, um dia sonhado.

Esse silêncio que vaga só

Ao meu lado acaricia-me a face
Na noite que me sorri inútil
No falso clamor da sua ausência.

Frequência extática de tic-tac incômodo
Desde o crepúsculo, inquieta a alma
Luz que se ascende, inquieta,
Recolhe tédios da existência.

A hora só, é repouso dos mortos

É um movimento inexistente e baço
Indefinido é o cais a que me refiro
Numa cidade brilhante, de uivos e tiros. 

 
Edidanesi
Enviado por Edidanesi em 26/07/2017
Alterado em 26/07/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras